Como cuidar corretamente de feridas com suturas

As feridas que necessitam de suturas (pontos) são aquelas causadas por incisões cirúrgicas ou acidentes, que não conseguirão cicatrizar adequadamente caso não se realize o procedimento. As suturas servem para aproximar bordas, cessar o sangramento, prevenir infecções e favorecer a cicatrização.

Elas são realizadas pelo médico e é preciso cuidar muito bem da ferida após o procedimento, para alcançar os resultados desejados. Seguindo os passos que sugerimos abaixo, você conseguirá obter sucesso neste processo de cura.

Após a sutura, como proceder com os curativos

O cuidado com os pontos geralmente é simples. Após recebê-los, provavelmente também será feito um curativo no paciente, por enfermeiros ou profissionais de saúde, além de ele receber informações como:

  • Prescrição de medicamentos;
  • Posição adequada do membro suturado;
  • Realização de atividades diárias;
  • Troca do curativo: se deve ser feita em casa ou no consultório médico e com que frequência; 
  • Limpeza da cicatriz cirúrgica com os medicamentos e materiais necessários;
  • Orientação em caso de dor ou presença de secreção na incisão cirúrgica;
  • Retirada dos pontos;
  • Orientações de cuidados com curativo e como proceder em casa.

É hora de trocar o curativo, o que fazer:

Retire o curativo antigo com cuidado – O local da sutura estará sensível em função dos pontos, então retire o curativo com delicadeza e, se precisar, utilize um removedor de adesivos. Também deve-se observar a ferida e avaliar se não existe sinal de infecção e sangramentos, além da coloração da mesma.

Limpeza – Uma dica é realizar a troca do curativo após o banho, assim, você poderá lavar bem a ferida com água e sabão. Você também pode optar por utilizar solução salina, ou uma solução de limpeza com phmb e realizar a limpeza com uma gaze estéril. Após isso, seque (sempre com gaze estéril) e garanta que retirou toda a umidade desta superfície.

Esterilize a ferida – Você deve utilizar gaze umedecida com a solução indicada pelo médico e limpar a ferida em forma circular. Comece por onde se encontram os pontos de sutura e, a partir dele, esterilize toda a área em volta, de dentro para fora, pois assim evita que as bactérias externas entrem. Este passo é muito importante.

Faça o curativo – Geralmente, nos primeiros dias pós procedimento é recomendável cobrir toda a área da sutura para reduzir possibilidades de infecção. Quando a pele estiver fechando e começar a formar crosta (a conhecida casquinha), aconselha-se a não cobrir mais a ferida, a não ser que exista exposição à sujeira ou evolução indevida na cicatrização. Enquanto houver necessidade de curativo, utilize gaze estéril e adesivos para cobri-la.

Enfim a cicatrização – A cicatrização pode apresentar variáveis de paciente para paciente. Fatores que interferem neste processo são: o tipo de pele, idade do paciente, doenças crônicas e medicações utilizadas, tamanho e profundidade da lesão, entre outros.

Ao longo do tempo, a ferida vai mudando de cor e o resultado esperado é a regeneração da pele num período de 5 a 20 dias. Nos meses seguintes, a pele ficará mais rosada e os tecidos se remodelarão, dando fim ao processo de cicatrização.

Obviamente, os cuidados certos e livres de complicações ocorrerão desta forma, mas caso perceba que a sutura apresenta algum sinal de que não esteja evoluindo bem, o paciente precisa buscar orientação médica.

Para manter-se informado sobre a área da saúde e ter acesso a conteúdos relacionados às suas rotinas profissionais, acompanhe o nosso blog. Trabalhamos para fornecer os melhores produtos e informação de qualidade. Conheça nossa loja virtual, clicando aqui.

Deixe uma resposta