Conheça as vantagens da luva nitrílica antimicrobiana

arte gráfica com caixa de luva nitrilica amg no centro

Um dos insumos mais populares na área da saúde são as luvas descartáveis. A utilização é fundamental para evitar a contaminação das mãos dos profissionais com sangue e demais fluidos corporais dos pacientes, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Assim, uma das aliadas nesse combate é a luva nitrílica antimicrobiana.

Em tempos de pandemia, com o aumento na demanda de atendimentos em unidades hospitalares e consultórios, as luvas tornaram-se um acessório constante.

Luva nitrílica ou látex

Apesar de parecerem iguais, existem diferenças entre as luvas de látex e nitrilo, por exemplo. No caso da primeira, produzida da borracha natural, oferece habilidade tátil, mas é menos resistente e eventualmente causa alergias.

Diferente da anterior, a luva descartável de nitrilo antimicrobiana (AMG), recém chegada ao Brasil, apresenta alta resistência aos micróbios e mata até 99,999% das bactérias*. Não agride a pele, é testada dermatologicamente, com baixo potencial de dermatite e, fornece proteção contra as Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS), ou seja, o acessório ideal para a proteção tátil do profissional de saúde.

Referência na linha de frente

Há seis anos na área, Helene Cardoso Conde Hashimoto, técnica de enfermagem da Clínica Dr. Bruno Landim, trocou a luva de látex pela antimicrobiana e não se arrepende. “Ao longo da profissão, desenvolvi uma alergia entre os dedos e no dorso das mãos ao pó de luvas brancas, de látex, alergia que atrapalhava meu trabalho.” Para a profissional, a utilização da luva de nitrilo antimicrobiana (AMG) fez toda a diferença e já virou regra. “Todo o corpo médico deveria ter acesso ao material, principalmente os que desenvolveram algum tipo de alergia com as luvas anteriores”, completa a técnica de enfermagem.

A luva descartável de nitrilo antimicrobiana é indicada também no combate ao coronavírus. Mas lembre-se dos cuidados primários como não tocar o rosto. O uso correto das luvas descartáveis é imprescindível para prevenções de contágio. De acordo com a Agência Nacional da Vigilância Sanitária (ANVISA), o primeiro passo para reforçar a proteção é realizar a remoção das luvas de forma correta. Além de conferir a integridade da mesma e manter a higienização das mãos.

Ficou interessado? Baixe agora mesmo nosso e-book falando tudo sobre Luvas!

Deixe uma resposta